Receitas

Raiz de bardana ou "gobô" refogada


A raiz da bardana ou gobô como falam os japoneses é fonte de proteínas, fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitaminas do complexo B e possui baixo valor calórico. Segundo alguns produtores japoneses, a maioria das propriedades nutricionais estão concentradas na casca e por isso é importante não retirá-la.

As folhas da bardana são benéficas para a pele porque possuem propriedades anti-inflamatórias, anti-sépticas e fungicidas. Suas compressas são indicadas para tratamento de erupções cutâneas, doenças que ressecam e descamam a pele e para aliviar picadas de insetos.
A raiz é considerada um estimulante do sistema nervoso, depurativa do sangue e antibacteriana.

Saiba como preparar a raiz refogada!

 

Ingredientes

3 raízes de bardana médias
1 cebola média
1 dente de alho
2 colheres (sobremesa) de gergelim torrado
Sal e cheiro-verde picado a gosto
Molho de soja (shoyu) a gosto (indicamos o de fermentação natural marca Daimaru)

Preparo

Lave e escove bem as raízes da bardana até limpar toda a terra. Não descasque. Corte no sentido transversal, em fatias finas e deixe de molho em água com vinagre ou limão. Refogue num pouco de óleo de gergelim ou azeite extra virgem a cebola e alho picados e adicione a bardana (já escorrida). Tampe a panela e deixe em fogo baixo, colocando um pouco de água, se necessário para não grudar e ir cozinhando. Acerte o tempero e acrescente molho de soja a gosto. Após cerca de 10 minutos, a bardana deve estar cozida. Salpique com o cheiro verde picado e o gergelim.

Dica - Sirva como acompanhamento, adicionada ao arroz, feijão, macarrão, sopas, saladas, etc.

 

 



Compartilhe:




EM DESTAQUE


ENTRE EM CONTATO

NEWSLETTER

Preenchendo seus dados você estará autorizando o recebimento de informações exclusivas da Ciclo Novo como dicas, receitas etc. Além de informações periódicas sobre serviços, eventos e notícias que possam lhe interessar.

COPYRIGHT ©CICLO NOVO 2014 | E-mail: contato@ciclonovo.com.br
"As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem as orientações personalizadas de seu médico, nutricionista, psicólogo e personal trainer, mas sim as complementam."