MATERIAL DE APOIO

O IMC significa índice de massa corporal. Esse índice é usado para indicar se a pessoa está no seu peso ideal, com sobrepeso, obesa ou abaixo do peso ideal. São valores estimados. Apesar do IMC não calcular diretamente a gordura corporal, ele estatisticamente tem mostrado correlacionar satisfatoriamente com medições diretas da gordura no corpo. Desta forma, o IMC é um método fácil e rápido de verificar se a pessoa está no peso ideal. Utilize a ferramenta abaixo para calcular o seu IMC:


Altura  m    cm
Peso  kg

A combinação de IMC com medidas da distribuição de gordura pode ajudar a resolver alguns problemas do uso do IMC isolado. O IMC associado à medida da circunferência abdominal reflete melhor o conteúdo de gordura visceral e também se associa muito à gordura corporal total.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) e o National Cholesterol Education Program (NCEP) - Adult Treatment Panel III (ATPIII), segue a classificação abaixo:




Risco de complicações metabólicos tais como diabetes tipo 2, hipertensão e doença cardiovascular.

Aprenda como medir sua circunferência abdominal:

1. A medição deve ser feita com a barriga sem roupa e sem calça, shorts, saia que apertem a barriga (se uso de cinto, esse deve ser afrouxado antes da medição);

2. A fita métrica deve ser colocada na altura do umbigo;

3. O abdômen deve estar relaxado (não erguer os braços) e a pessoa deve estar expirando / soltando o ar;

4. Não apertar a fita! A pessoa deve fazer uma marcação na fita métrica com o dedo para que veja o resultado depois.




Também é possível estimar o peso viável pela compleição: circunferência do punho (cm) do braço não dominante e a sua altura (cm).


Altura  cm
Circ. Punho  cm

Agora verifique qual a sua compleição óssea:


Pequena
Média
Grande
Homens
> 10,4
9,6 - 10,4
< 9,6
Mulheres
> 10,9
9,4 - 10,9
< 9,4

 

E o último passo é procurar qual a altura mais próxima da sua e olhar a faixa de peso indicada pela sua compleição (pequena, média e grande):

 

 

Índice de Adiposidade Corporal é apontado nos EUA como melhor alternativa que IMC para medir gordura.

Índice de Adiposidade Corporal: Novo Método de Avaliação
Pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia propuseram  uma nova forma de avaliar a adiposidade em adultos. Atualmente o uso do Índice de Massa Corporal IMC é largamente difundido para quantificar o grau de gordura corporal e o cálculo  utiliza como base o peso e a altura do indivíduo, através da fórmula IMC= Peso (em quilogramas) / (Altura x Altura (em metros)). Por ser de fácil realização, o IMC é largamente utilizado há cerca de 200 anos.

No entanto, este cálculo representa muito mais a corpulência que a adiposidade, uma vez que indivíduos musculosos e obesos podem apresentar o mesmo IMC. 

A pesquisa publicada na Revista Obesity apresenta o índice de adiposidade corporal (IAC) como uma alternativa mais fidedigna para quantificar a gordura corporal, utilizando a medida do quadril em cm e a altura em metros. A medida do quadril é realizada a partir da projeção mais posterior dos glúteos em uma linha horizontal até a região anterior do quadril.  Para calcular o IAC não é utilizado o peso corporal.

A fórmula do IAC é: [Quadril / (altura x √altura*)] – 18

*raiz quadrada da altura (calculada na calculadora científica ou http://www.calculadoraonline.com.br/cientifica )

Como interpretar o resultado:

  Adiposidade Normal Sobrepeso Obesidade
Homens 8 a 20 21 a 25 Acima de 25
Mulheres 21 a 32 33 a 38 Acima de 38

A nova medida apresenta maior correlação com a gordura corporal medida por densitometria que o clássico IMC. Por isso, o IAC surge como alternativa mais fidedigna para a avaliação da adiposidade. Apesar disso, os autores salientam que é importante repetir o estudo em outras populações, como os indivíduos de origem européia. A pesquisa foi realizada com indivíduos de origem mexicana e africana.

O IAC aparece como uma medida promissora para substituir o IMC, por ser mais específica para quantificar a quantidade de gordura corporal. Mas ressalvas devem ser feitas, por exemplo:

É um novo método que usa o tamanho dos quadris para medir a gordura do corpo. Isso significa que as mulheres brasileiras (adoradas pelos grandes quadris) podem ser consideradas acima do peso ou obesas!

Fonte: Bergman, RN. et al. A Better Index of Body Adiposity. Obesity. March, 2011. Por Dra Maria Edna Melo, responsável científica pelo site ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade).

Nem sempre o magro é leve ou o pesado está gordo!

Sendo assim, para uma avaliação de composição corporal mais eficiente, a utilização de dobras cutâneas com o uso do adipômetro científico ou da bioimpedância computadorizada é mais indicada. Para estarmos em boa forma, não basta verificar somente o peso-número da balança ou o Índice de Massa Corporal (IMC). Precisamos conhecer nossa composição corporal. O nosso corpo é composto por água, proteínas, minerais e gordura. A nossa saúde depende do equilíbrio correto entres estes componentes.



ENTRE EM CONTATO

NEWSLETTER

Preenchendo seus dados você estará autorizando o recebimento de informações exclusivas da Ciclo Novo como dicas, receitas etc. Além de informações periódicas sobre serviços, eventos e notícias que possam lhe interessar.

COPYRIGHT ©CICLO NOVO 2014 | E-mail: contato@ciclonovo.com.br
"As informações oferecidas por este site não são individualizadas, portanto não substituem as orientações personalizadas de seu médico, nutricionista, psicólogo e personal trainer, mas sim as complementam."